DIFERENÇA ENTRE EXOTÉRICO E ESOTÉRICO

21/05/2021

Há uma certa tendência para as pessoas não repararem nas diferenças que existem entre Exoterismo e Esoterismo, pretendendo dar à ambas as palavras o mesmo significado. Mas a verdade é que estas duas palavras são bem diferentes, para começar, são palavras homófonas, iguais na pronúncia e diferentes na grafia e no significado, tanto a consoante s na palavra esotérico como a consoante x na palavra exotérico são pronunciadas com som de z. A grande verdade é que em tudo, principalmente nas religiões e filosofias há sempre duas espécies de conhecimento: esotérico e exotérico.

O prefixo grego eso significa tudo que é voltado para dentro, enquanto exo quer dizer para fora, acredito que agora fica mais fácil de entender, vamos as definições.

O exoterismo significa algo que está disponível de forma pública, sem limitações, ou universal. O termo exoterismo, utilizado sobretudo na forma de adjetivo (exotérico) surge pela primeira vez nos diálogos de Aristóteles – “Ética a Eudemo” – para indicar o que é público, por oposição ao que é iniciático (oculto). O adjetivo exotérico indica algo que é comum e do conhecimento público, não constituindo um mistério. É sinônimo de público, conhecido, exterior, comum e trivial, designa igualmente as cerimônias públicas nas suas manifestações religiosas e ritualísticas. Aparência, essa que é percebida através dos nossos cinco sentidos e, portanto, de como as coisas se manifestam no mundo da matéria e que são passíveis de observação, de estudo, de conhecimento e até de pesquisa científica. Em outras palavras, tudo aquilo que pode ser tocado, observado, medido, experimentado, conhecido e que pertença ao mundo da matéria, é exotérico. O problema do exoterismo é que leva a criação de diversas tradições que, por meio de seus seguidores, transformam-se em doutrinas e dogmas, o que pode levar a deturpação de qualquer verdade inicial que estas tivessem, como dentro de religiões com símbolos. Quando o conhecimento puro está em meio público existem grandes chances de que a verdade sofra modificações por conta da interpretação individual, no meio popular, levam ao pé da letra, os Livros Sagrados como a Bíblia e o Alcorão, são exemplos disso, porque alguns interpretam na parte exotérica, no campo físico, e isso dá margem ao extremismo.

O esoterismo é um conhecimento mais secreto, reservado, místico e reservado para iniciados, dentro do sentido de prepará-los de forma interna buscam transmitir determinados assuntos que dizem respeito a aspectos da natureza da vida que estão sutilmente ocultos, de conhecimento mais complexo, os estudo dos sacerdotes, sua formação e a forte experiência de ligação com Deus, por exemplo, estão neste contexto . Um sentido popular do termo é a percepção de que transmitem um conhecimento enigmático ou incomum, sempre com vetor oculto. Segundo alguns, o esoterismo é o termo para as doutrinas cujos princípios e conhecimentos não podem ou não devem ser “vulgarizados”, sendo comunicados a um restrito número de partidários adeptos. Dentro do conhecimento esotérico, as revelações não podem ser dadas àqueles que ainda têm sua mente dominada por emoções inferiores. Essas revelações ocultam-se aos olhos profanos e desvelam-se dentro do tempo, constitui-se como um mistério até que toda a humanidade esteja preparada para aprender o caminho que os levará a elevação.

A própria história de Jesus Cristo é uma lição sobre esoterismo e exoterismo. Enquanto Cristo falava para as massas de forma simbólica, por parábolas, de forma exotérica, também falava para seus iniciados, seus discípulos, de forma esotérica, os preparando para a verdade inicial. Não foi a toa que Jesus atiçou a fúria dos fariseus e de todo o Sinédrio, é que muitos dos seus ensinamentos já eram conhecidos nas escolas internas, iniciáticas, no esotérico, ele pegou esse conhecimento e o divulgou, ainda com uma novidade, o “perdão”, em um tempo em que vigorava o “olho por olho, dente por dente”, isso foi uma grande revolução. Um exemplo de má interpretação, Jesus dizia “se alguém bater em você em uma face, ofereça-lhe também a outra”, muitos interpretam, criticam que o cristão tem que se acovardar, não é isso, é simplesmente não retribuir o mal com o mal.

Acredito que a diferença entre o esotérico e o exotérico foi bem esclarecida, o caminho é interno, da introspecção do autoconhecimento, é o que nos leva a origem, a nossa essência, procurem o esotérico em suas vidas e o véu cairá diante de seus olhos e enxergará a verdade, quebrando, derrubando todos os paradigmas. Um grande abraço e até a próxima.

QUEM OLHA PARA FORA, SONHA. QUEM OLHA PARA DENTRO DESPERTA”

Referências:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Exoterismo

https://www.somostodosum.com.br/clube/artigos/autoconhecimento/exoterismo-ou-esoterismo-eis-a-questao-196.html

https://lidianefranqui.com.br/diferenca-entre-esoterismo-e-exoterismo/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Esoterismo

https://duvidas.dicio.com.br/esoterico-ou-exoterico/

https://www.wellnesshunter.net/qual-a-diferenca-entre-esoterico-e-exoterico/

https://osr.org/pt-br/blog/exoterismo/exoterismo-e-esoterismo/

https://fraternidaderosacruz.com/diferencas-entre-exoterismo-e-esoterismo/